Saint Patrick's Day: uma festa irlandesa presente em todos os pubs do mundo

O Saint Patrick's Day, ou Dia de São Patrício, é uma festa anual comemorada sempre em 17 de março. No início, quando era conhecida apenas pelos países de língua inglesa, a data celebrava a vida do padre, de mesmo nome, que levou o cristianismo à Irlanda. Mais tarde, a celebração passou a ser associada também à cerveja e ganhou o mundo.

Patrício, o padre que virou santo, foi sequestrado ainda jovem pelos romanos, lá no século V. De volta às terras irlandesas, evangelizou parte da população, criou monastérios e construiu igrejas e escolas. Naquela época, ele nem imaginava que se tornaria o padroeiro da Irlanda por seus feitos e que, mais tarde, seu dia seria comemorado com paradas e festas.

Já no século XVIII, a festa chegou aos EUA. Lá, os imigrantes irlandeses transformaram a data em um dia de celebração da cultura natal, primeiramente em Boston, depois em Nova York e Chicago. A festa também pegou de vez na Irlanda, virando até um feriado que lembra o nosso Carnaval, com o povo na rua e inúmeros desfiles.

Um dos fatos mais marcantes da festa é o uso de tons de verde, que está presente em roupas, acessórios e até na cerveja. O trevo também é onipresente. A história conta que São Patrício utilizou a folha para explicar a Santíssima Trindade no momento da conversão de pagãos celtas. Com isso, a cor e a própria planta passaram a ser predominantes nos festejos.

Outra figura que está em todo lugar durante o período festivo é o duende, também trajado na cor verde. Conhecido como Leprechaun, ele é um símbolo trazido do folclore celta, no qual é conhecido como uma figura excêntrica, responsável por consertar o sapato de outras fadas.

Assim como à festa, que ganhou outras proporções, foi incorporada ao Leprechaun uma personalidade traiçoeira, roupas diferentes e uma obsessão em proteger seu tesouro: o pote de ouro no fim do arco-íris.

Mas, voltando à cerveja, esta é a época em que uma série de cervejarias e, principalmente, bares em todo o mundo resolvem usar a criatividade para homenagear a data. O mais comum é encontrarmos cervejas triviais, sobretudo lagers, tingidas de verde. A cor é resultado da adição de corante o que traz um efeito estético bacana!

Mas quem quiser comemorar como os irlandeses sem ter de colocar corante na cerveja deve optar por uma autêntica Irish Red, como a Smithwick's Red Ale ou a da cervejaria Kilkenny, embora ambas sejam difíceis de encontrar no Brasil. Mais fácil, o que também não deixa de ser uma homenagem aos irlandeses, é degustar uma Guinness, produzida em St. James's Gate, em Dublin. Essa pode ser encontrada em todos os pubs por aqui.

Em época de pandemia e restrições de circulação, o que dificulta a vida de quem deseja curtir em um pub, a recomendação é experimentar em casa uma das cervejas nacionais do estilo. Entre as boas opções estão a Red Ale (Way Beer), a Vintage Red Ale (Lohn Bier), a Red Planet (Cervejaria Palta) ou a Irish Red (St. Gallen).

 

Saúde!